Contacte-nos!

Pedro Frias

Antes que alguma seja dita na terceira pessoa, como é normal numa biografia, deixem que vos diga qualquer coisa na primeira pessoa sobre mim. Desde cedo adorei música e as minhas únicas ambições e desejos sobre o futuro sempre foram, ser músico e compositor. Talvez por isso o meu primeiro tema para guitarra foi composto aos 16 anos de idade. O meu percurso como músico marca-se pela individualidade com que percorri outros caminhos e com isso desenvolvi a minha própria técnica e estilo que dão agora os seus frutos. Como pessoa, acredito em fazer este mundo um local melhor e cada uma das pessoas com quem trabalho tem para mim muito valor. E nunca me esqueci que faço o que faço com muito prazer, mas é para mim um prazer ainda maior que você, espectador, público, amigo ou apenas conhecido possa usufruir do que temos neste site. Pessoalmente, as músicas Café da Tarde, Hasta Luego e Kids to Move Foundation são as minhas favoritas, e adoro ouvi-las vezes sem conta. Recomendo também os novos vídeos, o momento com a Ilze Van Zanten e o solo do Beto Kalulú.

Enjoy,

Obrigado a todos vós, hasta luego.

Pedro Frias

Biografia

Pedro Frias nasceu a 3/11/1976. Natural de Portimão, cedo percebeu que a música iria fazer parte activa da vida dele. Iniciando os seus estudos no piano com apenas 8 anos, Pedro Frias descobriu a paixão pelo instrumento de 6 cordas, a guitarra aos 13 anos.

Primeiro com a orientação de um professor, depois como autodidacta foi com apenas 19 anos que Pedro Frias deu o seu primeiro concerto de música instrumental na Igreja Matriz da Vila onde reside até hoje, Estombar.

Logo de seguida, formou com outros guitarristas um grupo musical de onde viriam a gravar um Cd num formato instrumental, neoclássico mas muito técnico. Apesar do virtuosismo técnico na guitarra, Pedro Frias não se ficou pelas músicas instrumentais e começou a compor musicas, letras em canções que imortalizou, geralmente em vozes femininas. Os “Aura”, foi o projecto que Pedro Frias criou, e onde explorou um formato internacional, com músicas de um estilo mais acessível e na língua Inglesa. (Em breve disponível no nosso site, algumas das composições antigas de Pedro Frias).

Até aqui Pedro Frias dedicava a maior parte do seu tempo a compor e ainda assim é hoje em dia. Criatividade é coisa que não lhe falta.

Pedro Frias Band

Em seguida, e depois de retirar os conhecimentos desta experiência, Pedro Frias, na altura com 26 anos, começa a participar como músico em vários projectos que vão desde o Rock até ao Fado. Ao longo destes 5 anos Pedro Frias participou também em trabalhos de estúdio como guitarrista contratado, assim com o álbum “Onda de Luz” de Rosett, ou o musical Marzapan.

Iniciou o projecto Pedro Frias Band em 2004, e no momento que antecedeu o nascimento deste projecto, Pedro Frias actuava a Solo, com a sua guitarra clássica num bar! Podia ser coisa que poderia parecer desajustada mas o que é facto é que o público gradualmente começou a aderir para ouvir, aos domingos à noite, um guitarrista com uma pedaleira eléctrica, com efeitos a fazer um autêntico “one-man-show”, numa guitarra de cordas de nylon. Durante esses momentos, um percussionista juntou-se para uma noite de “Jam”, e Pedro Frias descobriu o caminho a seguir. Afinal de contas de clássica uma guitarra, só tem o nome! Assim nasceu, e gradualmente se construiu, Pedro Frias Band.

Durante o ano de 2007 Pedro Frias, foi convidado a participar a fazer um WorkShop de guitarra clássica no Coliseu do Porto, inserido no festival GuitarFest. Foi uma imensa honra, ter sido o único a levar um WorkShop de Guitarra Clássica ao GuitarFest em Outubro de 2007, e perante vários guitarristas “do metal”, Pedro Frias mostrou porque consegue atrair tantos jovens com uma guitarra de cordas de nylon.

Hasta Luego

Depois, regressa ao Algarve determinado em produzir o single que agora corre a Internet, “Hasta Luego”. Pedro Frias conheceu Raquel Peters em 2007 e cedo percebeu que a sua versatilidade assim como o seu talento seriam os ideais para este tema. Assim desafiou-a, apresentando-lhe o tema e ela com gosto aceitou o desafio.

No ultimo concerto, Pedro Frias convidou Raquel Peters a participar no seu espectáculo e como resultado, para além do tema “Hasta Luego“, Raquel Peters cantou um fado “à capela”, e interpretou outros dois temas em Português num espectáculo que assim se tornou riquíssimo. Em 2008, Pedro Frias Band apresentou o tema “hasta luego” e a sua Band na televisão. (ver secção de imprensa)

Kids to Move Foundation Song

E foi com imenso gosto que Pedro Frias aceitou o desafio para compor para a fundação holandesa, Kids to Move. Desta forma, aliando todo o conhecimento de produção adquirido ao longo dos anos à sua criatividade, Pedro Frias convidou Ilze Van Zanten para vocalista e onde se tornou co-autora da letra, o coro infantil da escola internacional do Algarve, e o músico (baixista) João Ruano para participar neste projecto. Os fundadores do movimento Kids to Move, mostraram-se espantados com o resultado atingido, ficando inclusive emocionados no dia da apresentação do tema. Um enorme feito para este músico português que abre assim as portas do seu trabalho para o mundo mais uma vez, depois do reconhecimento internacional já atingido pelo tema Café da Tarde.

Produção

Ao longo deste anos Pedro Frias tem trabalhado com vários músicos de todas as áreas mas também com o produtor internacional Mike Myers, conhecido pelos 40 milhões de discos vendidos em todo o mundo, de onde absorveu conhecimentos sobre produção musical que lhe permitem hoje em dia produzir todo o seu trabalho num formato internacional.

Os arranjos, as composições, a produção e até alguns aspectos técnicos são da autoria de Pedro Frias que conta já com cerca de 100 temas feitos ao longo de uma carreira que muito tem para dar ainda.